Primeiro Plano

Primeiro Plano

O Primeiro Plano – Festival de Cinema de Juiz de Fora e Mercocidades é uma realização do Luzes da Cidade que teve sua primeira edição em 2002. O Festival é voltado para cineastas estreantes na categoria e conta com duas mostras competitivas de curtas, oficinas, estreia de longas-metragens, debates, sessões infantis e jovens, cinema no parque e em bairros distantes. Em 2014, a mostra competitiva nacional, tornou-se internacional, abrindo-se para a participação de curtas dos países da América do Sul, expandindo com isso sua proposta de intercâmbio cultural com nossos países vizinhos.

O Primeiro Plano procura fortalecer a tendência da atual produção audiovisual mineira, com numerosos longas e curtas, revelando diretores e gerando discussões e ideias sobre o setor.

Ao longo de suas quinze edições ininterruptas, o Festival foi visto por cerca de 80.000 (oitenta mil pessoas) pessoas, exibiu importantes títulos e os primeiros curtas de cineastas que hoje voltam ao Festival com seus primeiros longas, como é o caso de Eduardo Valente, Marcos Jorge, Gustavo Acioli, Petra Costa, Juliana Rojas e Marco Dutra, Allan Ribeiro entre outros.

O Festival exibiu também diversos longas de cineastas argentinos, uruguaios e chilenos, filmes de iniciantes e de veteranos de Juiz de Fora, além de curtas infantis e títulos que estrearam no circuito nacional.

Além disso, fechamos importantes parcerias de intercâmbio com a Associação Tandil de Curtas, O Festival Tandil Cortos, da Argentina, e a Associação de Curtametragistas do Chile, entre outros.

O Primeiro Plano segue atualmente com o seguinte formato:

Estreias de Longas Metragens

Exibe uma seleção da produção de longas metragens brasileiros, de cineastas estreantes.
Mostra Competitiva Mercocidades
Exibe uma seleção da produção de curtas em película e digital realizados por cineastas estreantes dos países da América do Sul.
Um júri, formado por profissionais da área e teóricos premiará os filmes nas seguintes categorias:
• Melhor Filme
• Melhor Direção
• Melhor Roteiro
• Melhor Concepção Fotográfica
• Melhor Concepção Sonora
• Melhor Montagem
• Melhor Direção Arte
• Melhor Trilha Musical
• Melhor Ator
• Melhor Atriz
O júri popular também elege o melhor curta na categoria e são selecionados 3 estudantes que concedem o prêmio Júri Jovem.

Mostra Competitiva Regional

Seleção de trabalhos realizados por cineastas de Juiz de Fora e Zona. Um júri especifico escolherá o melhor trabalho universitário, que através do

Incentivo Primeiro Plano, possibilitará que sua equipe realize um novo curta em película, em parceria com o Festival. O júri popular também elege o melhor curta na categoria.

Sessão Lanterninha e Sessão Jovem

Uma seleção de filmes com temática infantil e juvenil será exibida em parceria com escolas da rede municipal de ensino e instituições que trabalham com adolescentes. Os alunos votarão no melhor curta. Profissionais especializados dão um caráter educativo às sessões, através de um trabalho prévio.

Cinema no Parque e em bairros distantes do centro urbano

Filmes de cineastas estreantes e de grande sucesso de público serão exibidos numa tenda montada no Parque Halfeld e em bairros da periferia da cidade.

Encontro Internacional de Audiovisual

Teóricos de cinema, produtores e diretores serão convidados a discutir temas de relevância no cenário cinematográfico atual. Neste ano, o foco será uma revisão crítica da cinematografia sul-americana.

Debates

No dia seguinte à exibição dos filmes, os diretores se encontram para discutir com o público os filmes.

Oficinas

Profissionais convidados ministram oficinas com os jovens locais, possibilitando um intercâmbio profissional e cultural.

MENU